Terça-feira, 25 de Setembro de 2007

FOI noticia In Noticias Universitárias de 04/06/2005

Amigos a notícia já têm algum tempo, mas tudo o que diz respeito à nossa "terrinha" é sempre "notícia fresca".
Passeio Pedestre e arqueológico

O Museu de Arte Pré-Histórica e do Sagrado no Vale do Tejo promovem para hoje, um passeio pedestre o «Trilho da Zimbreira». Aproveitando o estradões do concelho de Mação o percurso inicia no lugar do Rebique com destino ao Castelo Velho da Zimbreira, fortificação da Idade do Bronze com vista panorâmica espectacular. Pelo caminho far-se-ão algumas paragens para observar rochas com fósseis.

Do Castelo Velho da Zimbreira descemos até à Barragem da Pracana de onde se observa o vale do rio ocreza (Gravuras rupestres pré-históricas), daqui seguimos por um estradão sobranceiro à albufeira da Barragem até ao Pego da Rainha (cascata natural e pinturas rupestres pré-históricas).

O percurso termina no Café Portela na aldeia da Zimbreira onde oferecemos um lanche aos participantes
Fonte: http://www.universia.pt/servicos_net/informacao/noticia.jsp?noticia=33011
publicado por Zimbro às 23:57
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Pedro a 30 de Setembro de 2007 às 18:51
O Mundo, o tempo em que vivemos avança a uma velocidade vertiginosa que não nos dá tempo sequer para nos apercebermos de como ele realmente passa.
Penso que por vezes é importante parar e meditar em como ele passou, especialmente e também na nossa juventude que tão abruptamente fugiu.
Hoje é uma tarde de domingo e tirei um pouco desse tempo que nos foge para comunicar convosco. Antes de mais e acima de tudo Obrigado
Obrigado por serem meus amigos por fazerem parte da minha juventude, tal como quase todos nós à 25 anos tínhamos quase os nossos 20 anos. Mas ainda muito antes disso após o nosso nascimento naquela aldeia rodeada de serras e vales, onde a vida (como em muitas outras) era tão difícil, nós fomos crescendo e começamos na nossa 1ª aventura com o aparecimento da nossa escola, sediada nos Envendos, onde para lá chegar tínhamos de percorrer a pé 6 Km. Lembram-se?
E como nos haveremos de esquecer de tamanho aventureirismo, com 6 anos carregados de livros e almoço começamos a avançar naquelas manhãs de Inverno chuvosas e friorentas, onde a noite ainda era uma constante até quase meio caminho e que para podermos caminhar por aquilo a que chamávamos caminho tínhamos que ter a companhia de um adulto, com a sua lanterna que para alem de nos iluminar tinha a tarefa de nos passar no pontão onde a água teimava em molhar os nossos pezinhos porque tínhamos de saltar de pedra em pedra e quando alguma se voltava nos obrigava a tê-los todo o dia molhados.
Quem não se lembra das tardes de sábado quando das idas e vindas da catequese e do inesquecível Sacrifício nos Magaredos,
Fomos crescendo
Demos (alguns, talvez maioria) as primeiras pedaladas numa bicicleta de um amigo, sem pneus e travões onde começávamos junto ao portão da casa e íamos ter depois de darmos uma curva apertada e evitarmos com arrogado equilibrismo a pocilga dos porcos à porta da “aloja”.
No tempo da apanha da azeitona estivesse bom tempo ou chuva a ida era quando se começava a ver e a vinda já era de escuro.
Reuníamo-nos impreterivelmente no fim de cada dia após o trabalho no pial do Ti Ernesto, aí eram contados por todos nós os nossos “feitos” as nossas “conquistas”, e aí se delineava qual o local para onde ir no sábado seguinte.
Quem não se lembra

A Ida às melancias, a saruga do Firmino, e do seu acelerar na Horta Nova e no baile das Matas do espor….Samporro
Tu ó Firmino Gonçalves, Isabel, Ilda Luís Martins, Firmino ,Manuel, Abílio, José António, Helena António Luís, Suzete, António Gueifão, Lenita, Maria Adilia, Luís Nuno Aníbal Francisco, Jorge Mendes, Zé Carlos, João Luís, Manuel Louro, Fernanda Claro, Elvira, Vera, Luís António, Carlos Gonçalves, Manuel Mendes, Mário Claro, Adelino Claro, Fernando, Jalziza, Deolinda, Luís Manuel, Manuel “Castelbranco” .

Tantas, tantas lembranças perduram na nossa memória, onde a mais linda a mais importante era a nossa amizade, quando nos deslocávamos, o grupo que formava-mos.
Era lindo, agradável de se ver ao ponto de essa união ser comentado como referencia.

Foi a partir dessa amizade dessa união que conseguimos o que outros não conseguiram ou conseguirão.
Pois conseguimos desde já há vários anos um encontro anual onde para além de nos rever-mos, juntamos as nossas famílias, comemos, bebemos, confraternizamos. E isso nos dias de hoje meus amigos é muito importante não gostaria de ver isto a murchar, a dar menos importância ao facto, gostando que este desabafo seja um grito de alerta e um recordar da base dessa amizade, para que sejamos fortes não nos deixando cair na tentação do individualismo, pois como alguém dizia:.
“ É tocante perceber como o ser humano colocado perante o verdadeiro significado da vida abandona bandeiras e diferenças e se reconhece pequeno de mais para viver só.”


Um AMIGO



De Anónimo a 1 de Outubro de 2007 às 14:41
Obrigado Amigo "Pedro"
Já estava a ficar desanimado porque ninguém "dizia" nada sobre esta iniciativa.
Felizmente que houve alguém que "avivou" as nossas memórias e desta forma "tocou" naquilo que se pretenda venha a ser o objectivo deste Blog:
" o ponto de encontro, de todos os naturais de Zimbreira e daqueles que de alguma forma estão ou estiveram a ela ligados"...


Comentar post

contador free


links

posts recentes

Boas Festas e Próspero an...

Magusto - Caminhada

CONVIVIO - ABRIL -ZIMBREI...

Magusto

PEGO DA RAINHA

Convivio 2013

CONVIVIO DE VERÃO

Convivio 25 de Abril - 20...

Um património em desapare...

BOAS FESTAS

arquivos

Dezembro 2014

Outubro 2014

Abril 2014

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Abril 2013

Março 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Maio 2012

Abril 2012

Dezembro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Dezembro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Abril 2010

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Maio 2008

Abril 2008

Janeiro 2008

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

mais sobre mim